PanoraMix #09

Netflix é o novo Uber,
Bot do Einstein,
Mídia nova agora é vintage e vice versa,
Assinaturas para cinema e jornal de papel,
Três análises sobre o hoax da semana,
E muito mais…

PanoraMix-#06

Tantas coisas interessantes aconteceram na última semana que nessa edição decidi separar tudo em quatro grandes assuntos: mídia, varejo, smartphones e transporte. Tem também uma novidade sugerida por um leitor e um vídeo em japonês.

PanoraMix #05

Você vai ler nessa edição:

Aviões elétricos | Médico raiz x médico Nutella | Personalização is the new black | The voice, kids | Operação carne fake | Uberizando tudo…

PanoraMix#04

Você vai ler nessa edição:

Ensinar programação sem computadores | Bons negócios que mudam o mundo | Os novos jeans | Educação movida a dinheiro e egos | Tudo pelo clique. Ou não | Os novos junkies.

PanoraMix #02

Você sabia que já querem taxar uma TV que nem existe, robôs geram empregos, há investidores sadô-masô, vintage tech e um dinossauro com 67 anos? É, o mundo não está fácil de entender, por isso estamos aqui. São só oito minutos de leitura.

Here, there, everywhere

O susto que eu levei ao acordar em Maio de 77 se repete todos os dias que percebo que o novo rádio pode, além de nos dar inéditos prazeres ao ouvido, permitir imaginar que há outros ouvintes revolucionários a milhares quilômetros de distância e em países tão diferentes, levando o mesmo susto, e batendo o pé no mesmo ritmo que eu.

O leitor tem valor

Lendo os comentários dos leitores fica claro que eles estão muito melhor informados do que imagina o veículo. Mais do que isso, o leitor agora espera que o jornal o trate com o respeito intelectual que merece.

Política e educação para uma nova era

“Vivemos em uma época de mudanças extraordinárias que afetam a maneira como vivemos e o modo como trabalhamos. Novas tecnologias estão substituindo qualquer emprego onde o trabalho pode ser automatizado. Trabalhadores precisam renovar suas habilidades para evoluir. Estas mudanças não são novas e só vão acelerar. Então a pergunta que temos que fazer é: ‘Como podemos ter certeza que todo mundo tem uma chance de sucesso nesta nova economia?’ “

Sua carteira vai ficar ainda mais vazia na Nova Economia

Com certeza é das mais complexas mudanças que nossa sociedade irá sofrer, pois envolve literalmente toda a cadeia de produção e consumo que sustenta a economia, mas é uma mudança inevitável. Além de trazer mais segurança e transparência, com ajustes técnicos e legais na questão da privacidade o dinheiro digital, seja no formato que for, irá prevalecer e o papel talvez se torne uma moeda exótica. É o dinheiro que faz o mundo rodar mesmo que a gente não o veja mais dentro das nossas carteiras.

Negócios Sociais dão muito dinheiro e mudam o mundo

Esse movimento sem nenhuma dúvida mostra como a nova economia não é apenas para quem tem acesso à tecnologia nem para apenas resolver um problema pontual. Os negócios sociais são talvez a sua vertente de maior impacto de transformação, atingindo a base da pirâmide social e refletindo esse impacto em toda a cadeia de relações que compõe a sociedade.

Três negócios disruptivos que resumem tudo

Disrupção é daquelas palavras que eram pouco usadas e que recentemente ganhou um protagonismo inédito pois coube como uma luva no novo ambiente de negócios viabilizados pela tecnologia. Ruptura e rompimento, que formam a base da sua definição, é o que muitas dessas novas empresas, produtos e serviços têm como objetivo. Além do lucro, claro.…

Política e Dinheiro. Com quem está o Poder na Nova Economia?

Se há alguém que se sente muito prejudicado pelos impactos da Nova Economia é aquele governo que não cumpre o seu papel de líder incentivador, que deixa de perceber e atender ao novo cidadão e que prefere negar a inovação e manter feudos e concessões por razões políticas. Sem conseguir acompanhar as necessidades da nova sociedade e entendendo que a nova economia reduz a arrecadação de impostos, quando na verdade acontece o contrário, e consequentemente seu poder, legisladores muitas vezes escolhem proibi-la de exsitir ou funcionar a se apropriar dela e amplificar seus benefícios. Isso não acontece por desconhecimento sobre como funcionam os novos negócios, mas por puro medo de perder o poder e o controle sobre o dinheiro dos cidadãos e trabalhadores.

A Nova Economia e o Novo Consumo

Este é o segundo artigo da série sobre a Nova Economia que iniciamos aqui. Mudanças nas formas de consumo talvez tenham sido as mais importantes e percebíveis proporcionadas pela nova economia. O consumo permeia todas as outras áreas e não se restringe apenas às transações de compra ou venda – atividades que estão caindo em…

A Nova Economia e a Nova Sociedade

Espero que ao final dessa série de artigos a gente entenda que gerir a economia de uma casa, empresa ou país não é nada fácil e fica ainda mais difícil quando não se entende ou, pior, nega-se por ideologia ou incompetência ver que mudanças inevitáveis na economia estão acontecendo fora do nosso controle e que seus impactos serão ainda mais profundos quanto menos nos incluirmos e aproveitarmos esse momento único e intenso.

De Volta Para o Futuro do Entretenimento com o Vinil e o Papel

A indústria do entretenimento talvez tenha sido uma das que mais teve seus padrões alterados, quase vilipendiados pela tecnologia digital que tomou conta dessa área. Desde venda de ingressos por financiamento coletivo a projeções holográficas pelo lado dos produtores de conteúdo até os novos modelos de streaming, assinatura e acesso a filmes, TV, música e…

Vejam os posts publicados no nosso Facebook na semana passada

Trabalho– Melhor título seria: De onde Não virá o trabalho do futuro. Nesse artigo Silvio Meira discute o perfil de trabalho no Brasil e no mundo e quais as perspctivas para o futuro do trabalho. http://goo.gl/XTAh0b Novos Negócios – Mais um exemplo de que mesmo em tempos de crise são os empresários e empreendedores que criam as…

Revista Panora | Setembro 2015

Definitivamente a Nova Economia está deixando todo mundo atordoado. De taxistas contra o Uber a operadoras de celular contra o Whatsapp, fica claro que quem deitou em berço esplêndido achando que seu feudo estava garantido, teve que repensar sua posição e agir. Agir nesses casos significa pressionar o governo para manter intactas concessões que escolheram…

[Quartas de Impacto] Social Bonds remuneram o investidor de acordo com o impacto social causado pelo projeto

A participação direta de empresas e pessoas nas políticas e investimentos públicos tem tido um enorme crescimento não só pelo uso da tecnologia que torna tudo muito mais transparente, mas também pela criatividade do mercado que busca novas formas de negócios que causem impacto social e ao mesmo tempo justifiquem com lucro o investimento feito. Todos ganham.

Salário mínimo “alto” gera desemprego

Os recentes aumentos reais no salário mínimo em alguns estados americanos está acelerando a adoção se sistemas automatizados e robóticos em atividades nas quais esse podem ser mais eficientes, baratos e rentáveis. Os primeiros a serem substituídos serão aqueles que trabalham em funções repetitivas e sem necessidade de especialização e nas cozinhas de fast-foods como…

Tecnologia criou mais empregos do que destruiu em 140 anos

Enquanto atividades perigosas, repetitivas e sem necessidade de especialização declinaram, substituídas por máquinas como na agricultura por exemplo, outras áreas mais criativas, de negócios, cuidados pessoais e tecnologia cresceram muito a demanda por mão de obra. Mão de obra que não pode, ainda, ser substituída por robôs.

Sindicalismo estudantil e autopirataria educacional

Aqui mesmo no Panora já divulgamos diversos exemplos de como empresários brasileiros estão mudando o ensino, melhorando a vida das pessoas, ampliando o acesso à educação com o uso da tecnologia e ganhando dinheiro sem a necessidade de agir dissimuladamente. Sindicalismo estudantil e ideologia política já atrapalham bastante. Não precisamos de mais ninguém nesses papeis.

Andar pra quê?

A gente aqui já viu que o futuro vai ser urbano e que isso implica criar uma série de soluções para o transporte público. Táxis autônomos, ônibus elétricos, compartilhamento de vagas, bicicletas de aluguel, todas essas são propostas que se integram e pretendem resolver o problema do transporte de massa. Mas e o transporte individual? E…

Assinatura e on-demand – velhos modelos, novos negócios

Dois dos modelos comercias mais usados na nova economia, há bastante tempo para falar a verdade, são as assinaturas recorrentes com renovação automática e as vendas on-demand. A economia é nova, mas os modelos que ela usa são bem antigos. Assinaturas têm dois tipos principais: Assinaturas tipo all-you-can-xxx são aquelas nas quais o cliente pode…

Como alimentar o mundo com luz

Enquanto alguns governos têm como política de estado incentivar agricultura familiar e extensiva como solução para alimentar uma população que não para de crescer, empresas privadas com pouco ou nenhum apoio oficial estão tratando o mesmo problema de forma oposta.