Política e educação para uma nova era

“Vivemos em uma época de mudanças extraordinárias que afetam a maneira como vivemos e o modo como trabalhamos. Novas tecnologias estão substituindo qualquer emprego onde o trabalho pode ser automatizado. Trabalhadores precisam renovar suas habilidades para evoluir. Estas mudanças não são novas e só vão acelerar. Então a pergunta que temos que fazer é: ‘Como podemos ter certeza que todo mundo tem uma chance de sucesso nesta nova economia?’ “

A Nova Economia e a Nova Sociedade

Espero que ao final dessa série de artigos a gente entenda que gerir a economia de uma casa, empresa ou país não é nada fácil e fica ainda mais difícil quando não se entende ou, pior, nega-se por ideologia ou incompetência ver que mudanças inevitáveis na economia estão acontecendo fora do nosso controle e que seus impactos serão ainda mais profundos quanto menos nos incluirmos e aproveitarmos esse momento único e intenso.

Sindicalismo estudantil e autopirataria educacional

Aqui mesmo no Panora já divulgamos diversos exemplos de como empresários brasileiros estão mudando o ensino, melhorando a vida das pessoas, ampliando o acesso à educação com o uso da tecnologia e ganhando dinheiro sem a necessidade de agir dissimuladamente. Sindicalismo estudantil e ideologia política já atrapalham bastante. Não precisamos de mais ninguém nesses papeis.

Falta de educação rima com recessão

Educação é um tema recorrente aqui, pois acreditamos que não há nova sociedade sem uma nova educação. E isso não vale só para o Brasil. Com raras exceções todos os países podem melhorar seus sistemas educacionais para atender não só uma demanda crescente mas principalmente para se atualizar com o mercado. A Organização para a Cooperação…

Questionar é preciso

O Flavio Augusto é um dos mais importantes empreendedores brasileiros. Um self made man que hoje é referência em negócios, principalmente nos voltados para educação. E ele tem idéias bem claras sobre a nova educação que se faz necessária para o jovem crescer e evoluir pessoal e profissionalmente. Vale muito a leitura. Conheça o Flavio…

Brasileiro lê pouco

Pesquisa mostra que o hábito de leitura não faz parte da educação do brasileiro que lê muito menos do que seus vizinhos Argentinos, Chilenos e Uruguaios que também possuem proporcionalmente mais bibliotecas do que o Brasil.

Pesquisador conclui que mais de 50% dos universitários são analfabetos funcionais

Entender um problema para poder resolvê-lo, parece estar longe do alcance de metade dos universitários brasileiros, infelizmente. Uma pesquisa feita pela Universidade Católica de Brasília com 800 universitários descobriu que metade deles é analfabeto funcional, incapazes de entenderem o que lêem. O problema vem desde o ensino fundamental quando os alunos são incentivados a decorarem…

Mulheres no poder

Quem realmente acompanha o que acontece na nova sociedade além de saber que negócios como o da Radio Shack estão indo para o buraco sabe também que o mundo só não é dominado ainda pelas mulheres porque elas não querem. Mas parece que isso vai ser inevitável, queiram elas ou não. Um estudo realizado pelas universidades de…