[Quartas de Impacto] Mais barato e mais rápido, empréstimos P2P ajudam a economia longe de bancos e governo

Todo mundo sabe que uma das maneiras nas quais bancos ganham dinheiro é com o spread, a diferença entre o que eles nos pagam nos nossos investimentos e quanto cobram por emprestar a terceiros o dinheiro que deixamos lá. Esse spread em geral é gigantesco e entre outras coisas é calculado sobre o risco que o banco assume emprestando para pessoas e empresas investirem em negócios, comprarem bens ou reformarem a casa, por exemplo. É o negócio deles. Um bom negócio. E como todo bom negócio tem sempre alguém de olho e querendo participar. Mas na Nova Economia “participar” em geral quer dizer fazer tudo diferente, melhor, mais barato e mais acessível.

Zopa é uma financeira inglesa que conecta quem tem dinheiro para emprestar com quem precisa de dinheiro emprestado. Sua plataforma permite que uma pessoa empreste dinheiro a outra diretamente, sem um intermediário, cobrando juros muito menores do que os bancos cobram e pagando mais do que os bancos pagam. Ganham os dois lados. Para emprestadores o risco é diluído entre vários tomadores que pagam pelo empréstimo mensalmente. Mas claro que há um risco que é coberto por um fundo de emergência criado pela Zopa para pagar os créditos não honrados. O exemplo abaixo mostra a diferença entre pagar uma dívida com o cartão usando um empréstimo da Zopa ou pagando os juros da operadora.

Zopa

Em dez anos de funcionamento a Zopa já emprestou US$ 1.5Bi para 110.000 pessoas no Reino Unido e pagou US$ 90 milhões em juros. Nunca precisou usar o fundo de emergência pois criou um sistema de avaliação dos tomadores que garante uma das menores taxas de default no Reino Unido.

Transparência também é um ponto forte na empresa. Ela cobra uma taxa fixa e única pelo empréstimo que é claramente discriminada quando o tomador faz uma cotação. Para o público em geral ela disponibiliza seus livros contábeis para consulta on-line.

Outra empresa, essa focada em emprestar apenas para pequenas e médias empresas, está fazendo algo parecido no Reino Unido e nos EUA. A Funding Circle criou um marketplace para tomar e emprestar dinheiro, exatamente como um marketplace de produtos tão comum na internet. Na plataforma da Funding Circle  a pequena ou média empresa apresenta seu plano de investimento e quanto dinheiro precisa emprestado. Em dois dias a proposta é analisada pela Funding Circle e em até sete dias ela estará disponível no marketplace para os investidores interessados. Do outro lado, quem tem dinheiro para emprestar escolhe as empresas de acordo com as condições oferecidas e deixa o resto por conta da plataforma que cobra 0,25% mais 1% ao ano de taxas. A empresa já emprestou US$ 1.25Bi de 42.000 pessoas para 10.000 pequenos e médios negócios nos EUA e UK e recebeu investimentos de grandes fundos e do próprio órgão inglês de incentivo às pequenas e médias empresas.

Funding Circle

Ambas empresas minimizam o risco dos empréstimos espalhando o dinheiro de cada investidor por diversas empresas e nunca investindo mais do que 2% do capital em uma única delas. A Funding Circle tem até uma ferramenta chamada Autobid que escolhe em quais empresas o investidor deve investir para ter um melhor retorno com menor risco.

Funding Circle e Zopa têm em comum a missão de virar ao avesso o sistema arcaico de empréstimos bancários atualmente vigente tornando mais acessível, fácil, rápido e barato o crédito pessoal e empresarial enquanto ao mesmo tempo oferecem melhores taxas de retorno, mais transparência aos investidores e ganham um bom dinheiro com isso.

Negócio bom é assim, onde todos ganham. Essa tem sido a tônica dos novos negócios na Nova Economia.

4 comentários sobre “[Quartas de Impacto] Mais barato e mais rápido, empréstimos P2P ajudam a economia longe de bancos e governo

  1. Pingback: Política e Dinheiro. Onde está o poder na Nova Economia? | Panora

  2. Obrigado pelo seu artigo eu não estou no Brasil, mas em breve ire e eu como toda a questão dos negócios de hoje ou continuar a dar a essas instalações foi apenas em torno desse tempo?
    muito obrigado.

    Curtir

  3. Pingback: PanoraMix#07 | Paco Torras | PANORA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s