TNS Março 2015 – o resumo

O mês de Março foi marcado por muitas novidades, iniciativas, sucessos e conquistas na área educacional mostrando que este é um ponto especialmente sensível à inovação além de ser uma preocupação mundial.

 

Adeus matemática e história na escola

educação

Desnecessário dizer que há poucas áreas com desafios maiores do que esta, independente do nível educacional do país. Enquanto alguns países não conseguem ter uma política de Estado para a educação, o que reflete na baixa colocação em testes internacionais como o PISA, outros como a Finlândia, onde em teoria todos os problemas básicos da área já foram resolvidos, há uma preocupação permanente quanto à formação dos alunos do seu sistema educacional. Tanto que lá estão pensando em acabar com a divisão do ensino por matérias – história, matemática, geografia, etc. – e passar a ensinar de forma mais holística, baseando-se em eventos e a partir deles tratando os temas de forma integrada e relacionada. Leia mais sobre o projeto finlandês aqui: http://goo.gl/YLuFYV

 

Escolas incríveis

educação

Claro que independente do método de ensino, tudo fica mais fácil quando as escolas são projetadas para incentivar a aprendizagem e a troca entre alunos e professores. Essas escolas aqui levaram isso muito à sério e criaram ambientes incríveis: http://goo.gl/ezfE1q

 

Do Capão Redondo para o MIT

educação

Picture2Mas nem só de ambiente incríveis  saem ótimos alunos, e o Gustavo Torres da Silva é a prova disso. Aluno de uma escola estaudal na periferia de São Paulo, ele foi aceito até agora em duas das mais importantes universidades americanas, Stanford  e MIT. Depois de se destacar em uma olimpíada de matemática ele foi apoiado pelo Instituto Ismart e ganhou uma bolsa para estudar em uma escola particular, além de fazer um curso de inglês. Para completar, ele dá aulas aos sábados na sua antiga escola para alunos que também querem ganhar uma bolsa de estudos. Conheça mais dessa história aqui: http://goo.gl/fZd1gz

 

π

ciência

O Gustavo, com certeza, sabe todo sobre o π ou Pi ou 3,1415…constante matemática universal que de tão importante tem até seu próprio dia, 14/3/15 que no formato americano, que bota o dia antes do mês, fica 3/14/15. Mas o que talvez o Gustavo não saiba são esse fatos interessantes sobre esse número tão famoso: http://goo.gl/2abO1Y

 

Spotify na cesta básica

economia

Não sabemos se o π é usado no cálculo da variação de preços no Reino Unido, mas sabemos que o Spotify, o cigarro eletrônico e cerveja artesanal se tornaram tão comuns por lá que entraram na cesta de produtos usada para medir a inflação por lá. Outros produtos que parecem ainda tão atuais por aqui como GPS de carro já não fazem mais parte desse pacote. Leia mais sobre isso aqui: http://goo.gl/pJfest

 

Google Trends na política

sociedade

Essas tendências de consumo podem ser monitoradas não só através de pesquisas mas também de uma ferramenta do Google chamada Google Trends que mostra a variação na quantidade de buscas por determinada palavra ou expressão. Com ela é possível prever de doenças, quando alguns sintomas começam a ser mais pesquisados, até a temperatura política de um país. O exemplo a seguir mostra como cresceu desde junho de 2013 o movimento anti PT e anti Dilma e porque a reeleição da nossa presidente foi tão apertada. Conheça mais o Google Trends aqui: http://goo.gl/5h4Kl6

 

Políticos em baixa nos EUA

sociedade

Infelizmente não é só no Brasil que o governo anda desacreditado e suspeito de irregularidades. Também nos EUA o congresso está com baixíssima popularidade e extremamente polarizado. Esses gráficos aqui mostram isso claramente. http://goo.gl/oLM9yY

 

Tri em matemática

educação

E apesar das inúmeras e constantes tentativas de políticos e estatísticos ao serviço deles de provar o contrário, números não mentem jamais. E no DF, além dos políticos, há uma escola pública que leva números tão à sério que foi premiada três vezes na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas. Lá, jogos de raciocínio lógico, filmes e aulas interativas fazem parte da rotina dos alunos que participam do grupo especial de matemática. Não somos uma Finlândia mas também temos nossos projetos especiais de educação. Conheça mais sobre este aqui: http://goo.gl/eLZMAO

 

Empresa carioca ganha prêmio em educação móvel

educação

Picture4Inovação em educação deu à empresa carioca Edumobi um prêmio na principal exposição mundial de produtos e serviços móveis esse ano. Ela apresentou a melhor inovação móvel para educação e aprendizado no Mobile World Congress, em Barcelona. Leia mais sobre o prêmio e a empresa aqui: http://goo.gl/kWiQNB

 

 

Mais prêmios para brasileiros lá fora

tecnologia

Há também outros brasileiros fazendo sucesso lá fora e com certeza o Gustavo vai encontrar com eles em Stanford. Pedro Franceschi e Henrique Dubugras têm 18 anos e foram para nos EUA com bolsas da Fundação Estudar e lá criaram a pagar.me, empresa especializada no processamento de pagamentos on-line. Em Harvard, mesmo concorrendo com gigantes da inovação tecnológica como Google, Stripe, Apple e PayPal, conquistaram o primeiro lugar e o prêmio de R$ 60 mil do PYMNTS Innovation Project 2014 – principal evento de meios de pagamento do mundo. Guarde o nome dos dois e conheça mais dessa história aqui: http://goo.gl/gEH426

 

Ensino de programação nas escolas

educação

O exemplo dos dois nerds acima só reforça  a corrente que defende o ensino de programação da mesma forma que se ensina história ou biologia nas escolas. As justificativas são de que aprender a programar dá às crianças um senso de lógica que é útil em qualquer profissão e que existe uma enorme carência de programadores num mercado que só cresce. Quem apoia esse movimento é a BBC inglesa que criou um projeto que vai distribuir gratuitamente um milhão de dispositivos que incentivam o aprendizado básico de programação por crianças a partir de onze anos. Conheça o projeto e o dispositivo aqui: http://goo.gl/X47QcG

 

Do on-line para o off-line

economia

Mas nem tudo se resume a informática, celulares e internet. O mundo real ainda existe. A prova disso é que o Google, sim, O Google abriu sua primeira loja física em Londres mês passado.  A idéia é que os consumidores possam não só conhecer tecnologias criadas pela empresa como também interagir com produtos reais que utilizam essas tecnologias como celulares, notebooks e tablets. Conheça mais sobre o motivos desse movimento do on-line para o off-line aqui: http://goo.gl/wUGoYu

 

Imprima hoje seu almoço de amanhã

tecnologia

Picture5Outro exemplo, esse mais extremo, da convergencia entre os mundos analógico e digital é essa impressora 3D que “imprime” alimentos. Isso mesmo, ela usa uma massa comestível com sementes que germinam depois de “impressas”. É melhor você ver o vídeo no link a seguir, mas só depois do almoço, ok? http://goo.gl/7ZmUiW

 

Furniturables

tecnologia

Bem tecnológica mas muito menos radical e revolucionária e muito mais pé no chão é a linha de móveis que incorporam carregadores sem fio para equipamentos eletrônicos que a sueca Ikea está fazendo. De luminárias a mesas de café a linha possui superfícies onde você poderá deixar seu aparelho compatível com a tecnologia que irá se recarregar como se estivesse ligado na tomada. O design segue o padrão Ikea de simplicidade  e leveza. Veja mais aqui: http://goo.gl/cwpy4Y

 

A Disney e o futuro dos wearables

tecnologia

Picture7Outra empresa que anda incorporando a tecnologia ao seus produtos é a Disney que investiu US$ 1 Bilhão no desenvolvimento de uma pulseira com a qual os visitantes dos seus parques podem efetuar virtualmente qualquer operação ou transação como comprar o almoço ou entrar em um brinquedo. Com a pulseira o garçom do restaurante já  vai lhe chamar pelo nome quando você chegar com sua reserva além de facilitar muito aquelas comprinhas que todo mundo faz. Se você andou lendo sobre o lançamento do Apple Watch e quiser saber mais sobre o futuro dos wearables, vá para a Disney. http://goo.gl/XbVqDs

 

Apps, assédio, sindicatos e comportamento

sociedade

Picture6Como às vezes pode parecer, a tecnologia nem sempre resolve todos os problemas e muito menos pode ser responsabilizada pelo comportamento humano. Recentemente o caso de um motorista de táxi acusado de assediar passageiras enveredou por um caminho estranho. As mulheres assediadasfizeram um abaixo assinado com mais de 27.000 assinaturas não contra o motorista ou seu sindicato profissional mas sim contra o aplicativo que elas usaram para chamar o táxi. Este caso é emblemático de como novos negócios viabilizados pela tecnologia são capazes de desrnortear percepções e comportamentos. Como vem acontecendo com esses tipos de serviços disruptivos, sindicatos só se manifestam para reclamar direitos ameaçados, nunca para reprovar a conduta do seu associado pois seu monopólio vai continuar existindo independen-temente da qualidade do serviço prestado por eles. No final, o único interessado em resolver o problema é mesmo o app que depende da qualidade dos seus serviços para sobreviver. Conheça o caso aqui: http://goo.gl/olfTak

 

Google x Ford, GM, Fiat…

tecnologia

Mas não só profissionais que usam carros para trabalhar que estão sofrendo com a nova economia viabilizada pela tecnologia, montadoras de automóveis também estão de assustados com uma concorrência que elas não esperavam ter. Recentemente o presidente da Ford mostrou enorme preocupação com o carro sem motorista que o Google está desenvolvendo. “Eles olham nossa indústria, questionam a tradição e derrubam paredes”. É a mais pura verdade. Leia mais aqui: http://goo.gl/LU32Cc

 

O Islã e a ciência

sociedade

Picture8Não confundamos tradição com fundamentalismo. Neste vídeo Neil deGrasse Tyson mostra como o fundamentalismo islâmico transformou países que um dia foram líderes em inovação e ciências em destruidores de conhecimento. Não perca. Ajuda muito a entender o mundo que estamos vivendo hoje.  Veja aqui: http://goo.gl/pX2TcR

 

Energia alternativa

tecnologia

Um processo forte de inovação é o que vem passando o setor de energias alternativas que ainda tem que conviver com um ciclo vicioso que prejudica muito seu crescimento: a energia é cara porque não têm usuários e não tem usuários porque é cara. Os caminhos encontrados por empresas nessa indústria são muito variados. Conheça aqui aqui três projetos de geração, armazenamento e uso alternativos: Um lago artificial para gerar energia pelo simples movimento das marés, baterias para armazenamento de energia que junto com a geração solar podem tornar residências independentes da rede de distribuição e, na África, bibliotecas de e-books movidos a energia solar. http://goo.gl/GgO8ds

 

Pneu solar

tecnologia

A possibilidade de produzir energia limpa e barata deixa tanto os donos do petróleo de cabelo em pé quanto os pesquisadores e cientistas carecas. Um pneu que a Goodyear está projetando converte em energia o calor gerado pela fricção dele no asfalto além de fazer o mesmo com a luz solar que incide sobre ele. Claro que ainda é apenas um conceito mas mostra que mesmo empresas que não têm relação direta com produção de energia estão investindo nessa área, o que parece ser um bom indicativo de que se trata de um assunto quente. Sem trocadilhos. Conheça o projeto aqui: http://goo.gl/Y68gSA

 

Picture9

Cable-cutters

economia

Outros que estão ficando de cabelo em pé são as operadoras de TV a cabo. Agora é a vez  dos serviços on-demand via internet, conhecidos por  cord-cutters, que permitem que o usuário pague apenas pelo que consumir e monte sua própria grade de programação. De novo, novos modelos de negócio disruptivos viabilizados pela tecnologia. Conheça aqui alguns desses novos serviços que estão substituindo TVs a cabo por aí. http://goo.gl/afoMJ7

 

Homem ou máquina?

tecnologia

Definitivamente a mídia é uma das áreas mais impactadas pela tecnologia. Principalmente os jornalistas vêm sofrendo bastante para entender e acompanhar tudo o que está acontecendo  na nova sociedade. A difusão, produção e demanda por conteúdo aumentou tanto que eles não estão mais dando conta de escrever com a profundidade e a qualidade necessárias para atender seus leitores. Mas a mesma tecnologia que “atrapalha” também pode “ajudar”. Você vai entender as aspas depois que fizer esse teste para tentar identificar textos e poesias escritos por humanos e por robôs que andam produzindo uma parte enorme do que a gente anda lendo. Faça o teste aqui: http://goo.gl/oaOkgt

 

Um mês sem ler notícias faz bem?

sociedade

E mesmo sendo escritas por robôs, será que você conseguiria passar um mês sem ler notícias e será que isso faria você mais feliz? Conheça aqui o que aconteceu com o jornalista Jesse Armstrong quando ele se propôs esse desafio. http://goo.gl/sLcsCc

 

Eremitas urbanos

sociedade

Se não ler notícias por um mês é um desafio, que tal não sair de casa praticamente nunca?  Em uma sociedade onde quase tudo pode ser entregue na sua porta, surge a classe dos eremitas urbanos, aqueles que nunca saem de casa para nada, tudo vai até eles. Você se identifica? http://goo.gl/AJFNdJ

 

Mercado Comum Digital Europeu

economia

A economia é cada vez mais digital e não pode parar de evoluir. A União Européia entende que da mesma forma que não existem barreiras comerciais para bens físicos e serviços dentro da sua comunidade o mesmo deve valer para produtos digitais. Por isso estabeleceu três iniciativas para viabilizar esse grande projeto:

1-Melhorar o acesso de cidadãos e empresas aos produtos digitais.

2- Desenvolver condições para o desenvolvimento de redes de serviços digitais.

3- Criar uma sociedade européia da economia digital com potencial de crescimento de longo prazo. Faz todo sentido. Conheça o projeto aqui: http://goo.gl/Qp4BGS

 

Jovens brasileiros são esquizofrênicos quanto ao trabalho

sociedade

Por mais atraente e cheio de oportunidades que seja o mundo digital, os jovens brasileiros ainda vêem valor em empresas off-line, carregadas de tradição, quase fundamentalismo, principalmente nas relações de trabalho. Recente estudo da Cia de Talentos mostra que as duas empresas dos sonhos dos jovens são o Google e a Petrobras. É ou não é esquizofrênico? O Bob Wolheim analisa muito bem esse fenômeno neste artigo aqui: http://goo.gl/hu9dMU

 

O poder da educação com informação

sociedade

Entender os jovens é mesmo difícil. Mais difícil ainda parece ser perceber o poder de jovens com educação e informação nas mãos. Estimulados por um projeto-piloto de educação financeira, alunos do ensino médio de Palmeiras do Tocantins (RO) se organizaram para fazer as compras de mês de suas famílias coletivamente, nos supermercados de cidades vizinhas. Era um protesto contra o comércio local, que proibira os estudantes de pesquisar preços nos estabelecimentos. Deu certo: além de permitir a coleta de informação, os empresários do município perceberam que se não baixassem os preços, perderiam a clientela. http://goo.gl/3VMl4L

 

Preços do alimentos caindo

economia

Os brasileiros ainda não perceberam o fenômeno mas os preços dos alimentos estão caindo em todo o mundo e não é por causa de movimentos como esse em Tocantins. É devido a elevada produção global, alta do dólar, queda dos preços do petróleo e do enfraquecimento da demanda na China, além do desinteresse dos grandes bancos nesse tipo de commodity, o que leva à redução na especulação financeira sobre os preços. Entenda melhor esse fenômeno aqui: http://goo.gl/hNnb0x

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s